Cervejaria Dogma – E.A.P I – Russian Imperial Stout

TURMA

Tudo bem?

Hoje a gente fala sobre uma das várias colaborativas do Empório Alto Pinheiros/SP. Trata-se da E.A.P I, uma Russian Imperial Stout com aveia e café especial produzida em colaboração com a Cervejaria Dogma.

Além disso, que tal apoiar nosso trabalho nos seguindo em nossas redes sociais? Não dói, sério! haha

Instagram
Facebook

 

E.A.P I

E.A.P I

E.A.P I

 

A Dogma sempre tem dado maior foco em sucos de lúpulo. E os caras tem a mão para fazer, isso é fato. A linha Lover é o melhor exemplo disso. Dos exemplos que tomamos (que você pode conferir abaixo) nenhum foi decepcionante.

Clique abaixo para ver quais Lovers a gente já experimentou:

  1. Citra Lover
  2. Equinox Lover
  3. Mosaic Lover
  4. Hop Lover
  5. Rizoma

Segundo Bruno, sócio da Dogma:

“Quando recebemos o desafio de fazer uma cerveja pro EAP muita coisa passou pela nossa cabeça, afinal o EAP não é só um local importante para a cena cervejeira nacional, ele foi importante na nossa formação como cervejeiros! Por isso nós não aceitaríamos fazer nada menos que uma cerveja espetacular! O estilo escolhido foi uma Russian Imperial Stout, mas como deixar ela ainda mais especial? A resposta é aveia e café! Muita aveia para um corpo cremoso e um café mais que especial envelhecido em barris de whisky.

 

A E.A.P I é uma Russian Imperial Stout, com aveia e café especial, envelhecido em barris de Single Malt Balvenie Whisky. O grão utilizado de café foi o Catuaí do Oeste do Paraná, safra: Set/Out de 2015 e Maio/Junho de 2016.

E.A.P I

E.A.P I

 

Falando sobre a cerveja

Como dissemos anteriormente, uma Russian Imperial Stout com café e aveia.

Vertida no copo apresenta bonita coloração negra, com boa formação de espuma densa, cremosa e de boa retenção.
No aroma, nuances de torrado, chocolate ao leite, café expresso torra média e um suave cítrico que fecha o conjunto. Falando em café, meu jeová, tem muito café nessa receita e ele é delicioso, dá um toque a mais no conjunto.

Na boca o café surge com bastante força novamente seguido de um chocolate ao leite e um gostoso amargor. Álcool, apesar dos 10% nem dá as caras, tanto no aroma quando na boca. 
Corpo médio, boa carbonatação e médio drinkability. Final é recheado de café, chocolate e com um amargor assertivo e delicioso. 

A cerveja é fantástica! Falta um pouquinho de corpo que creio ter sido corrigido na E.A.P II, que inclusive mudou bastante coisa em comparação a essa. De qualquer forma, caso volte ao mercado, compre a sua logo, vale cada centavo.

Saúde!

André

André

Fundador em cwbeerfood
André

Últimos posts por André (exibir todos)

Deixe uma resposta