Cervejaria Augustinus – Black Mamba – Wood Aged Coconut Imperial Stout

Turma!

Tudo bem?

Temos dois amigos que são artistas em fazer cerveja. O Gabriel Cunha e o Leonardo Indini, de São Paulo/SP são os dois danados que comandam a Cervejaria Augustinus.

Hoje vamos falar de uma receita deles chamada Black Mamba, uma Wood Aged Coconut Imperial Stout (isso mesmo, esse é o estilo… e se reclamar fica maior).

Aproveitando, que tal apoiar nosso trabalho nos seguindo em nossas redes sociais? Não dói, sério! haha

Instagram
Facebook

Black Mamba

Augustinus - Black Mamba

Conhecemos a Black Mamba através de alguns amigos em 2016, quando os primeiros lotes vieram e a turma começou a falar super bem. Além dela, ainda tem outros rótulos como a Dead by Dawn (Coffee Imperial Stout), Treze (English Barley Wine), Wasted Wonka (Imperial Stout). Pessoal homebrewer e sabe qual a média de nota dos caras no untappd? 4,17/5. Ou seja, será que quando vieram com brassagens maiores, vai ser sucesso absoluto? Não tenho dúvida!

Augustinus - Black Mamba

Falando sobre a cerveja

Como falamos acima, trata-se de uma Wood Aged Coconut Imperial Stout, que traduzindo significa uma Imperial Stout com adição de coco e maturada em chips de carvalho embebido em borboun. Ah, outra informação importante: a cada lote rola experiencia com algum adjunto ou tempo de maturação e carbonatação. Nosso lote era o #7 com adição de coco. 

Vertida no TeKu, apresentou bonita coloração negra, completamente turva, sem transposição de luz. Líquido denso, grosso, parece piche. Praticamente flat, na verdade, uma pequenina camada de espuma marrom claro.

No nariz uma paulada de chocolate, coco, toques de café, borboun e um sutil álcool superior, o que cá para nós era de se esperar. São, nada mais nada menos, 14% de graduação alcoólica com 114 IBU. Na boca surge bastante coco no centro seguido de madeira, chocolate e café. Leve álcool também aparece, mas com o conjunto bem equilibrado, não faz mal. 

Final é amargo, torrado e recheado de coco com toques de café. Uma senhora cerveja, de fato! Merece todo o hype sobre ela. Imagina essa cerveja maturada mesmo em barril de borboun durante 1 ano (pelo menos) e mais uns anos de guarda? Minha nossa, loucura!

Saúde

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.